sábado, 28 de janeiro de 2017

Cabo Verde, Ilha do Sal – Parte IV

Todos os dias de manhã, depois do pequeno-almoço, íamos para a praia até à hora de almoço. Como já referi no post anterior, a praia de Santa Maria é pública e para lá chegar apenas tínhamos de sair do resort e atravessar a estrada (de terra batida).



Já na praia, existe o Morna Beach Club que pertence ao resort e onde podemos também comer e beber consoante o regime que escolhermos.



Junto ao Morna Beach Club existem diversas actividades promovidas pelo pessoal de animação do resort, seja dança, futebol, voleibol, etc.




Depois do almoço, o Tomás ia para o quarto com o papá (que dispensa a hora do calor) dormir a sesta. Eu e os meus sogros ficávamos pela piscina a aproveitar o sol, onde também existiam actividades como a hidroginástica. Para além da piscina grande com bar, existe também a piscina das crianças e um jacuzzi.










Ao fim do dia e antes do jantar, saiamos do resort para conhecer um pouco da vila de Santa Maria. Se saíssemos pelas traseiras do resort, que dá acesso à praia, podíamos percorrer a marginal onde se encontram vários vendedores, a maioria senegaleses. 


Na praia podíamos ver o povo de Cabo Verde reunido ao fim do dia, alguns miúdos ainda com a mochila da escola às costas.





De regresso ao resort, durante o jantar havia sempre animação no palco em frente ao restaurante buffet. O pessoal de animação do resort realizava espectáculos temáticos, diferentes todos os dias.










E já depois do jantar, íamos até ao Morna Beach Club onde a animação continuava com musica ao vivo ou karaoke ou até com espectáculos improvisados.





Sem comentários:

Enviar um comentário

 
footer